SPES 2009

Duo SPES

Fagote
Violino + Viola pomposa

 

Intercâmbio SPES

 

Submissão de projetos de música de câmara

SPES dirige séries de concertos em Belo Horizonte, Brasília e Portugal, desde 2008.

Grupos de câmara (até 13 instrumentistas ou mais) da Europa e Ásia são convidados a enviarem propostas de concertos acústicos. Compositores também podem enviar propostas de estreias, sob forma de convite. As propostas deverão informar:

  1. cachet total do grupo incluindo proposta recíproca para algum grupo SPES;
  2. programa sugerido para 50 minutos de música e curriculum vitae sucinto; número de instrumentistas e país de origem;
  3. indicação de datas possíveis, incluindo agosto e setembro preferencialmente.

Por ser um programa de intercâmbio, SPES aguarda propostas recíprocas nas mesmas condições orçamentárias para grupos brasileiros viajarem e se apresentarem na Europa e Ásia. Pedido de informações e envio de propostas deverão ser feitos por e-mail:

Zoltan Paulinyi
paulinyi@yahoo.com
Zoltan.Paulini@gmail.com
SPES Exchange Program

SPES também possui parcerias com várias Embaixadas Europeias com representação em Brasília, as quais ajudam na promoção e financiamento de pequenos grupos de câmara.

 

Outros projetos

Aceitamos analisar diversas propostas de instituições interessadas na promoção recíproca e internacional de música. Tais projetos podem ser:

1) incentivo a compositores sob forma de patrocínio, concurso, etc.

2) projetos de recitais com programas temáticos;

3) festivais e intercâmbios em séries de concertos.

4) outras formas criativas de colaboração.

Divulgação SPES da música brasileira

SPES recebe projetos brasileiros de divulgação de atividades musicais e acadêmicas a serem realizadas na Europa e Ásia

Espera-se contribuições criativas e não convencionais, tendo em vista a expansão de atividades acadêmicas e de recitais do Duo SPES, incluindo leste europeu, Inglaterra e Irlanda. Tais atividades fomentam a produção de novos compositores por meio de concursos e concertos, convites diversos a músicos, divulgação de trabalhos acadêmicos por meio de apresentações em congressos, gravação na Europa, onde a legislação é um pouco diferente da brasileira. O cenário é amplo e propício para formular projetos variados, desde musicologia e teoria até performance acústica. Nesta fase, há restrições para projetos eletroacústicos ou aqueles que envolvem aparelhagens e grandes montagens.

Apesar de não haver modelo pré-definido, o projeto deve ter 1 ou 2 páginas citando:

  1. proposta de datas, explicação de meios de realização, e detalhes da solicitação
  2. indicação decontrapartidas, recursos concretos que podem oferecer para a realizar o projeto.

Não é necessária (mas desejável) wrelação direta de contrapartida com o objeto da proposta: o grau de viabilidade aumenta a prioridade na execução de projetos.

Projetos devem submetidos para:
Paulinyi@yahoo.com

Não há prazos, pois os trabalhos são realizados de forma contínua. Evidentemente os primeiros projetos recebem prioridade no planejamento de atividades. Documentos complementares e comprobatórios, tanto em português quanto inglês, poderão ser solicitados ao longo da seleção e execução.


Intercâmbio SPES é um conjunto de programas em execução e contínuo aperfeiçoamento desde 2008 pelo grupo SPES. Sobre a relação entre esperança e reciprocidade, pode-se ler em português o artigo de John Milbank (1999?) sobre ética do sacrifício.